Aprenda a criar uma Rede Ponto a Ponto com Win98, ME, 2K, XP

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

GOSTOU DA DICA????

100% 100% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 1

Aprenda a criar uma Rede Ponto a Ponto com Win98, ME, 2K, XP

Mensagem  Admin em Sab Maio 24, 2008 2:15 am

[size=9][justify]

Como se trata de uma rede ponto a ponto a maneira mais barata de se ligar dois micros em rede é através de um cabo par trancado (UTP) montado no esquema cross-over. Este cabo pode ser comprado pronto em lojas de informática, ou feito sob medida (várias lojas confeccionam cabos de rede sob medida), ou ainda produzido pelo próprio usuário. Como a intenção é apenas formar uma rede ponto-a-ponto, não é aconselhável que seja “criada a infra-estrutura” para construir cabos, que consiste no custo do alicate, do cabo, dos conectores e dos diversos conectores inutilizados durante o processo de aprendizado da confecção de cabos. De toda a forma, mostrarei como confeccionar o cabo mais adiante. Com esse tipo de cabo você pode ligar os dois micros diretamente, dispensando o uso de um hub.



Como Fazer o Cabo

Uma das pontas do cabo cross-over tem a mesma pinagem da de um cabo de rede comum, apenas a segunda tem dois dos pares invertidos, daí o nome "cross-over", invertido na ponta.A posição dos cabos dentro do conector, para um cabo cross-over, é a seguinte (segurando o conector com o pino virado para baixo, olhando para os contatos):














Neste tutorial não será comentado sobre o cabo coaxial (10Base2) e em ligações de rede através deles, pois sua tecnologia esta defasada e raramente é usada.

Antes de instalar o cabeamento, você devera estudar por onde os cabos passarão. Lembrando que você não pode (pelo menos não deveria) passar cabos de rede em tubulações por onde passam fios elétricos. O ideal é você instalar um sistema de conduites especifico para o cabeamento da rede.












Consideremos as duas maquinas (Servidor e Cliente) com o Windows 98 - Configuração feita para as duas maquinas com Windows 98 - Consideraremos que a placa de rede esta instalada e configurada corretamente, o próximo passo é configurar o sistema operacional para usá-la. Para isso, vá para o painel de controle:



No Painel de controle clique em redes, o Windows já instala automaticamente o cliente para redes Microsoft e o protocolo TCP/IP, veja figura abaixo




O protocolo do Windows é o NetBEUI, que não necessita de qualquer tipo de configuração adicional. Entretanto, como possívelmente você pensara em instalar e configurar um compartilhamento para acesso a Internet nas maquinas, você precisara apenas configurar o protocolo TCP/IP. Para isso, selecione o protocolo TCP/IP e clique na caixa Propriedades. Na guia Endereço IP você devera selecionar Especificar um Endereço IP e configurar manualmente o endereço IP que será usado na máquina que você esta configurando.



Acontece que você não pode sair simplesmente usando qualquer endereço IP em sua rede, você deve usar endereços que não existam na Internet para não gerar qualquer tipo de conflito quando sua rede estiver conectada a Internet. Caso contrario, sua rede não funcionara quando ela estiver conectada a Internet.

Na ocasião existem alguns endereços chamados “mágicos”, isto é, que você pode usar sem problemas, pois os roteadores da Internet não propagam pacotes que tenha esses endereços como destinos, evitando o conflito. Entre esses endereços esta a serie 192.168.0.0, que é o recomendável.

Dessa forma, a primeira máquina da sua rede devera ser configurada, por exemplo, com o endereço 192.168.0.1, a segunda máquina com o endereço 192.168.0.2. Lembrando que o endereço 192.168.0.0 não pode ser usado (ele define a rede) nem o endereço 192.168.0.255 (que é usado para broadcast). A mascara de sub-rede deve ser configurada como 255.255.255.0.



Você deve ter percebido como deve ser chato configurar uma rede TCP/IP grande, não é mesmo! A solução é o uso de um servidor DHCP, responsável por definir um endereço IP automaticamente para cada nova estação que é conectada à rede. Nesse caso, cada máquina é configurada em “Obter um endereço IP automaticamente”, o que facilita bastante o trabalho do Administrador da rede.

Se você quiser que o outro micro da rede tenha acesso a arquivos existentes em seu micro (em qualquer unidade de disco, como no disco rígido, CD-ROM, Zip Driver, etc.) ou tenha acesso à impressora que porventura esteja instalada em seu micro, então você devera instalar o serviço de compartilhamento de arquivos e impressora. Para isso clique em serviço e depois em adicionar:



Na janela seguinte escolha a opção “Compartilhamento de arquivos e Impressoras para redes Microsoft”e clique em OK.




Outra forma seria apenas selecionar a opção “compartilhamento de arquivos e impressoras” abaixo da barra de rolagem “Logon primário da rede”, marque as opções conforme mostra a figura abaixo




Depois de termos configurado protocolo TCP/IP e os serviços deve-se configurar a identificação da maquina, isto é, como ela será conhecida pelos demais micros da rede. Para isso selecione a guia Identificação, como mostra a figura a baixo



Você deve configurar:



O Nome do Computador – Será o nome pelo qual todos os demais micros da rede conhecerão a máquina que você esta configurando. Configure com um nome simples e que faça sentido.
Grupo de Trabalho – Este campo permite agrupar maquinas por grupos. Todos os micros de uma mesma sessão deverão fazer parte do mesmo grupo de trabalho, isto facilitará o acesso aos recursos, pois fará com que todos aparecam na mesma janela, quando você localizar um micro na rede, e dentro na mesma pasta, quando abrir o ícone “ambiente de redes”.
Descrição do Computador – Serve para você configurar uma pequena descrição da função do micro, de forma que os demais micros da rede possam ter acesso a essa informação e poderem saber facilmente a finalidade da maquina.




Uma das vantagens de se montar uma rede ponto-a-ponto é o compartilhamento da Impressora. Com os micros ligados na rede, um micro poderá usar qualquer impressora conectada ao outro.



Habilitando o Compartilhamento

Após a instalação do serviço de compartilhamento acima demonstrado, apenas precisaremos habilitar o compartilhamento para que se possa utilizar a impressora do outro micro. Para isso basta você clicar com o botão direito do mouse sobre a impressora que você deseja compartilhar (ícone Impressoras do Meu Computador) e, em seguida, escolher a opção Compartilhamento do menu que aparecerá, conforme mostrado na figura abaixo






Na tela seguinte clique na guia Compartilhamento, em seguida em “Compartilhar Como”, Na caixa Nome do Compartilhamento você devera usar um nome pelo qual a impressora será conhecida na rede. É recomendável que você escolha um nome curto e fácil, como, por exemplo, a marca e/ou modelo da Impressora. Na caixa “Comentários” você deve colocar um comentário rápido sobre a impressora, que aparecera sempre que o outro micro pedir mais informações sobre ela.



Já a caixa “Senha” deve ser usada se você quiser restringir acesso à impressora. Nesta caixa você define uma senha, que deverá ser digitada sempre que alguém tentar imprimir algo nela. Caso o usuário não saiba a senha, ele não conseguirá usar a impressora. Como normalmente queremos que todos os usuários tenham acesso à impressora, você deve deixar essa caixa em branco.



Clique em Ok e pronto! A impressora estará sendo compartilhada. O próximo passo é instalá-la no outro micro da rede.



Instalando a Impressora

Em todos os micros em que você desejar utilizar a impressora compartilhada você terá de instalar os seus drivers. Ate o Windows 95 esse era um processo chato, já que você tinha de instalar os drivers a partir do CD-ROM ou disquetes que acompanham a impressora. Entretanto, a partir do Windows 98 o sistema operacional copia os drivers da máquina onde a impressora esta fisicamente instalada, através da própria rede, facilitando enormemente o nosso trabalho.

Para instalar a impressora, você deve usar o Assistente para Adicionar Impressora (dando um duplo clique no ícone Adicionar Impressora do ícone Impressoras do Meu Computador). Responda “Impressora de rede” à pergunta “Como esta impressora esta conectada ao seu computador?” Como mostra na figura abaixo





Na janela seguinte, você devera informar o caminho de rede da impressora. Você pode fazer isso manualmente, entrando o caminho no formato nome_do_computadornome_da_impressora, ou então clicando na caixa Procurar, o que achamos mais pratico.



Ao clicar na caixa Procurar, você deve indicar o micro onde a impressora esta instalada e selecionar a impressora, Clicando em OK, o sistema operacional ira preencher automaticamente o caminho de rede da impressora. Se você quiser usar essa impressora para imprimir a partir de programas DOS, você deverá responder com “Sim” à pergunta “Você imprime programas do MS-DOS”. Recomendamos que você selecione “Sim”, já que o usuário poderá necessitar de imprimir a partir de programas DOS usando a impressora da rede.

Na próxima tela será apresentada à opção de captura de porta, essa captura permite que programas DOS imprimam usando a impressora da rede. Como os programas DOS não possuem suporte a rede, o sistema operacional permite “tapear” o programa, fazendo com que todos os dados enviados para uma determinada porta de impressora (LPT1, LPT2, etc.) sejam enviados para a impressora da rede, em vez de serem enviados para a porta de impressora do micro.



Assim, se habilitarmos a captura da porta LPT1, por exemplo, todos os dados enviados para a porta LPT1 serão enviados para a impressora da rede, que esta fisicamente instalada em outro micro, e não para a porta LPT1 (porta de impressora) existente no micro.

Em seguida, o sistema operacional informa o nome da impressora (é aconselhável manter o nome dado) e pergunta se essa impressora deve ser configurada como padrão.



Clicando em Avançar, o sistema operacional perguntará se você deseja imprimir uma página de teste após a instalação dos drivers da impressora. È recomendável que você faça isso de forma a testar se toda a instalação deu certa.



Clique na caixa concluir para terminar a instalação da impressora. O sistema operacional ira instalar os drivers da impressora, carregando-os do micro onde a impressora esta fisicamente instalada. Ao terminar a instalação, a página de testes será impressa, em seguida mostra a ultima tela perguntado se foi impressa corretamente.



Usando a Impressora

Após ter instalado e configurado a impressora, ela é acessada como se fosse uma impressora que estivesse fisicamente conectada ao micro. Na figura abaixo vemos o exemplo da janela de detalhes da impressora, que não há qualquer diferença no procedimento para a impressão em uma impressora de rede em relação a uma conectada localmente.







O Compartilhamento de arquivos é um recurso essencial para o aumento da produtividade em seu local de trabalho. Em vez de ter de ficar levando disquetes para lá e para cá contendo os arquivos de trabalho tais como textos, planilhas, gráficos, etc. Você poderá rapidamente carregá-los através da rede.

Um detalhe muito interessante é que no compartilhamento de arquivos você pode compartilhar qualquer unidade de disco do micro, Isso inclui não só o HD, mas também a unidade de CD-ROM, o Zip driver e qualquer outra unidade que possa conter arquivos, mesmo que a mídia seja removível (como é o caso do Zip Driver).

Admin
Admin

Número de Mensagens: 60
Idade: 24
Humor: ALEGRE
Data de inscrição: 25/11/2007

Ver perfil do usuário http://mundodigital.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

CONTINUAÇÃO

Mensagem  Admin em Sab Maio 24, 2008 2:17 am

Em redes ponto a ponto não é possível compartilhar programas, somente arquivos de dados, tais como textos, planilhas, apresentações e arquivos gráficos.
Arquivos de dados não podem ser editados por mais de um usuário ao mesmo tempo. Por exemplo, você não poderá editar um documento de texto ao mesmo tempo em que esse arquivo estiver aberto por outro usuário.



Habilitando o Compartilhamento

Para compartilhar arquivos do micro, você terá de habilitar o serviço de compartilhamento de arquivos, conforme foi explicado passo-a-passo anteriormente.

Com esse serviço habilitado, basta você clicar com o botão direito do mouse sobre o diretório que você deseja compartilhar, escolhendo a opção Compartilhamento do menu que aparecerá (veja figura abaixo). Você pode selecionar o disco ou então algum subdiretório do disco (através do Windows Explorer ou navegando através do Meu Computador).



Aparecera a janela de configuração de compartilhamento, como na figura abaixo. Selecione o botão “Compartilhar como” para habilitar o compartilhamento.



Você poderá preencher a caixa “Nome do compartilhamento” com o nome que você pretenda que esse diretório ou unidade seja conhecido pelos demais micros da rede. Na caixa “Comentário”, preencha com um comentário sobre o compartilhamento, que será apresentado sempre que algum usuário da rede pedir mais informações sobre o compartilhamento.

O campo “Tipo de acesso” permite que você configure como os usuários acessarão o compartilhament se poderão somente ler arquivos, se poderão ler e gravar arquivos ou se o acesso depende de uma senha. Se você optar por uma senha, ela devera ser configurada no campo “Senhas”. Nesse caso, sempre que algum usuário tentar acessar esse compartilhamento, o sistema ira pedir uma senha.

Após clicar em OK, o compartilhamento estará habilitado. Você verá que o diretório compartilhado será mostrado com uma mão, indicando que ele esta compartilhado.




Acessando os diretórios Compartilhados

A maneira mais simples de se acessar diretórios compartilhados é através do ícone Ambiente de Rede presente na área de trabalho. Esse ícone também esta presente na caixa de dialogo Abrir Arquivo de todos os programas escritos para o Windows 9x/ME. Através desse ícone você pode navegar por todos os diretórios que estão sendo compartilhados na rede.



Pode acabar ficando cansativo acessar arquivos compartilhados dessa forma. A maneira ideal de se acessar diretórios compartilhados é mapeando uma unidade de disco para compartilhamentos mais usados, isto é, criar uma letra de unidade para os diretórios mais acessados.

Isso pode ser feito facilmente, clicando com o botão direito do mouse sobre o diretório que você deseja mapear no Ambiente de Rede e, em seguida, escolhendo a opção Mapear Unidade da janela que aparecerá, veja figura abaixo




Em seguida, escolha a letra de unidade pela qual você deseja acessar a unidade, (veja figura abaixo). Marque a caixa “Reconectar ao fazer logon” caso você queira que esse mapeamento continue existindo na próxima vez em que você ligar o micro.



Após clicar em OK, o mapeamento estará concluído, isto é, diretório compartilhado poderá ser acessado usando a letra de unidade que você definiu.

Uma informação que pode ser útil: se você remover um compartilhamento de diretório e criar um novo compartilhamento com o mesmo nome, os mapeamentos de unidade dos micros da rede não precisarão ser refeitos.





Configuração feita apenas onde possui o modem Instalado - O Compartilhamento do modem permite que, com apenas um modem instalado, sua rede inteira tenha acesso a Internet ao mesmo tempo. Isso significa uma grande economia financeira, pois em vez de ter um modem instalado em cada máquina, apenas um micro da rede necessitará desse periférico. Alem disso, você pode compartilhar a conexão de qualquer tipo de modem, tanto modems para linhas telefônicas convencionais (modems de 56kbps) quanto modems que usam linhas dedicadas, como modems ISDN, ADSL e cable modem.

Com o compartilhamento do modem ativado, todos os micros da rede podem acessar a Internet ao mesmo tempo, podendo navegar na rede, baixar e-mails e tudo mais, exatamente como se cada micro tivesse o seu próprio modem instalado.

Se algum micro da rede tentar acessar a Internet ou qualquer um outro serviço que seja da rede e o modem não estiver conectado ao provedor, o micro onde o modem esta instalado automaticamente se conecta ao provedor de forma a poder atender ao pedido. Da mesma forma, após um determinado tempo de ociosidade, isto é, após um determinado tempo sem nenhum computador da rede acessar a Internet, o modem é desconectado do provedor, economizando na conta telefônica.

Acontece que tradicionalmente o sistema operacional Windows 9x não possui suporte ao compartilhamento de modem. Somente o Windows 98_SE (Segunda Edição) e o Windows ME (Millenium Edition) trazem um utilitário chamado Compartilhamento de Conexão Internet (ICS, Internet Connection Sharing) que permite o uso desse recurso.

Dessa forma, o micro que possui o modem devera obrigatoriamente utilizar o sistema operacional Windows 98_SE, Windows ME ou outro mais recente. Caso você use o Windows 95 ou a primeira versão do Windows 98, a solução é o uso de um programa que permita o compartilhamento do modem. Um dos programas mais conhecidos para essa finalidade e cujo tutorial esta na minha assinatura é o WinGate. Esse programa oferece mais recurso do que o Compartilhamento de Conexão Internet e pode ser instalado em qualquer versão do Windows 9x, até mesmo no Windows 98_SE e no Windows ME, caso você prefira.

Consideraremos que o micro possui modem instalado corretamente e com uma conexão com um provedor de acesso configurada e funcionando, ou seja, você devera ser capaz de conectar e usar a Internet através desse micro normalmente.

Antes de continuarmos darei uma explicação rápida e básica sobre o protocolo DHCP, ele é um protocolo que permite que você não precise configurar o endereço IP de cada máquina na rede. Uma das maquinas fica responsável por ser o servidor DHCP e distribuir automaticamente um endereço IP para cada máquina nova que se conecta a rede. Isso parece ser interessante em redes grandes, mas trás uma grande desvantagem para redes ponto-a-ponto. Uma das grandes vantagens da rede ponto a ponto é que ela pode operar sem a necessidade de um servidor. Assim, se a rede é composta por cinco micros, mas só dois estão ligados, esses dois micros poderão se comunicar sem a necessidade de os outros micros estarem ligados. Se você configurar o micro que possui o modem como um servidor DHCP, esse micro precisara estar sempre ligado para que você use a rede. E não só isso, você precisara ligar esse micro antes dos demais, já que ele será o responsável por dar um endereço IP para cada máquina da rede.Por esse motivo que anteriormente foi mostrado como fazer a configuração manual de cada endereço IP da rede. È recomendável que você mantenha essa configuração e desabilite o DHCP caso você tenha inadvertidamente habilitado.



Instalando o Compartilhamento da Conexão

Para instalar o compartilhamento de conexão Internet, você deve clicar no ícone adicionar ou remover programas do painel de controle, veja figura abaixo




Escolha a opção Instalação do Windows. Selecione Ferramentas para a Internet e marque a opção Internet Connection Sharing.



Após a copia dos arquivos, iniciara a instalação do Compartilhamento, veja figura:



Em seguida você devera escolher a opção de conexão com a Internet:




Depois de selecionada a opção de conexão, você terá a escolha de criar um disco que configura o outro micro da sua rede para pode utilizar o compartilhamento da Internet (você se preferir pode fazer o disco e instalá-lo na outra máquina ou seguir os passos do tutorial onde toda a configuração esta e será feita manualmente). Após isso o assistente concluirá a instalação.




Aparecera um ícone do compartilhamento da Internet ao lado do relógio.




O Assistente da rede domestica configura o endereço IP do micro como sendo 192.168.0.1. Se a máquina estava antes configurada com um outro IP, você devera alterar manualmente o endereço IP para o seu valor antigo conforme demonstrado anteriormente. Caso você não faca isso, a máquina não conseguira se comunicar com a rede, já que possívelmente haverá um outro micro usando o endereço 192.168.0.1. Se isso ocorrer, ao reiniciar o micro uma mensagem de erro informara que há um conflito de endereço IP.

Admin
Admin

Número de Mensagens: 60
Idade: 24
Humor: ALEGRE
Data de inscrição: 25/11/2007

Ver perfil do usuário http://mundodigital.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

CONTINUAÇÃO...

Mensagem  Admin em Sab Maio 24, 2008 2:17 am

Alterando a configuração do Compartilhamento da Internet

Se você precisar alterar as configurações, basta ir ao Painel de Controle em Opções da Internet, depois em Conexões, veja a figura mostrando a diferença de quando esta instalado o compartilhamento e quando não esta instalad



Você pode configurar o modem a se desconectar caso fique ocioso, isto é, configurar com quantos minutos sem que um micro acesse a Internet você quer que ele se desconecte. Caso você não configure nenhum valor, o modem ficara permanentemente conectado à Internet (claro que salvo o caso de você utilizar uma linha dedica e não Dial), aumentando desnecessariamente o valor de sua conta telefônica.

Isso deve ser feito entrando nas propriedades do modem instalado na sua maquina, na parte Conexões existira a opção de Desconectar por tempo Ocioso, veja:





Marque a opção “Desconectar chamada se Ociosa por mais de” na nossa figura esta configurada por 5 minutos que foi um valor que é consideravelmente adequado para a rede em questão.

Antes de configurar o micro cliente que acessara a Internet através da máquina onde possui o modem instalado devemos saber o endereço IP do servidor de DNS do seu provedor de acesso. A maneira mais rápida de descobrir isso é conectando ao seu provedor e, após a conexão estar estabelecida, executar o utilitário Winipcfg através do comando Executar do menu Iniciar. Será apresentada a janela abaix





Selecione na barra de rolagem “PPP Adapter” e clique na caixa “Mais inf”.





Onde você obterá o endereço IP do servidor de DNS conforme mostrado na figura acima. Anote esse número ele será necessário na configuração dos outros micros da rede.

Caso você queira que o outro micro acesse sempre que precisar, é importante que você deixe habilitado a caixa “Salvar senha” do seu acesso Dial up, de forma que não seja necessária entrar manualmente uma senha toda a vez que o acesso for requerido.



Configurando o Micro Cliente

Depois de ter instalado e configurado o compartilhamento de Conexão Internet no micro que tem o modem instalado, você terá de configurar o outro micro da rede de forma a usar o modem compartilhado para acessar a Internet.

Para isso, clique no ícone Rede do Painel de Controle do micro a ser configurado. Em seguida, selecione o protocolo TCP/IP e clique na caixa Propriedades (se houver mais de um protocolo TCP/IP instalado, selecione o que aponta para a placa de rede que conecta o micro à rede onde esta o modem compartilhado).

Selecione a guia Configuração DNS. Selecione o botão “Ativar DNS” e, na caixa Host, entre o nome da maquina. Entre, na caixa “Ordem de pesquisa do servidor DNS”, o endereço IP do servidor de DNS do provedor de acesso, que você descobrir anteriormente. Clique em adicionar.





Em seguida, clique na guia Gateway. Na caixa “Novo gateway” entre o endereço IP do micro que possui o modem instalado. Em seguida, clique na caixa adicionar. Veja figura abaix





Clique em Ok e reinicie o micro. Você poderá agora acessar a Internet através do modem compartilhado. Ao entrar o endereço de um site em seu browser, ao mandar o seu programa de e-mail baixar mensagens, enfim, ao tentar usar a Internet, o modem da rede ira automaticamente se conectar ao provedor, de forma que você possa usar a Internet.

Nenhuma configuração extra é necessária em seus programas. O modem se desconectara automaticamente do provedor de acordo com a ociosidade configurada como vimos anteriormente.





--------------------------------------------------------------------------------



Consideremos a Maquina Servidora com Windows ME e a Maquina cliente com Windows 98 - Toda à parte da configuração de rede ( Clientes, Protocolos, Serviços, Endereços IP’s, Identificação, Compartilhamento, Mapeamento) é bastante semelhante à feita no Windows 98 demonstrado anteriormente. Podendo assim servir como passo-a-passo também para o Windows ME. As poucas diferenças são visíveis na instalação do Compartilhamento de Conexão Internet.







Instalando o Compartilhamento da Conexão

Configuração feita apenas na máquina onde possui o modem instalado - Para instalar o Compartilhamento você deve clicar no Ícone adicionar ou remover programas do Painel de Controle, selecionando a guia instalação do Windows depois selecione “Comunicação” e clique na caixa Detalhes, em seguida marque a caixa “Compartilhamento Conexão C/ Internet” como mostra figura abaix





A principal diferença na configuração dos dois SO’s esta no passo anterior, pois, no Windows 98 esse componente esta localizado em Ferramentas para a Internet e não em Comunicação como no Windows ME, e é chamado de ICS e não Compartilhamento Conexão Internet, as outras pequenas diferenças estão no Design diferente entre os dois Sistemas Operacionais.




Após Marcar a opção “Compartilhamento da Conexão c/ Internet” o Assistente de rede Domestica ira iniciar para a configuração do compartilhamento do modem. Clique em Avançar na tela de apresentação do assistente,







Na tela seguinte, você deve selecionar os botões “Sim, este computador usa o seguinte” e “Uma conexão direta com meu provedor usando o seguinte Dispositivo”. Na caixa de opções existente, você devera selecionar a conexão Dial Up que será usada para a conexão com seu provedor de acesso (no computador da figura a conexão era chamada “Minha Conexão”), que devera estar previamente configurada como foi avisado anteriormente.





Clique na caixa Avançar e, na tela seguinte, selecione o botão “Sim” e, na caixa de opções selecione a placa de rede que conecta o micro com os demais micros da rede, como mostra figura abaix





Clicando na caixa Avançar, o assistente ira continuar a configurar a rede local. Como você já executou esses passos anteriormente, você pode simplesmente ir clicando em Avançar até chegar ao final do Assistente.





Clicando em Concluir o Assistente terminará, Reiniciando o micro você notara o mesmo ícone do compartilhamento do modem que aparece no Windows 98, indicando que o compartilhamento do Modem esta ativado.





Observe o Endereço IP da máquina com o modem após a Instalação do Compartilhamento, pois, de mesma forma como o Windows 98 ele passara a usar o endereço 192.168.0.1 e se a outra máquina estiver usando esse IP sua rede não funcionara e apresenta um conflito de endereços, o restante da configuração a ser feita pode ser baseada na configuração do Windows 98.

Admin
Admin

Número de Mensagens: 60
Idade: 24
Humor: ALEGRE
Data de inscrição: 25/11/2007

Ver perfil do usuário http://mundodigital.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum